Pin It

Vereador de Jandira tem mandato cassado pelo TRE

cebolinha

O vereador Cicero Amadeu Romero Duca, o popular Cebolinha, (PSDB) teve o mandato cassado pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). A decisão foi publicada no Diário da Justiça, e cópia da decisão foi remetida ao Cartório Eleitoral de Jandira, que por sua vez enviou comunicado ao presidente da Câmara Municipal de Jandira, vereador Altamir Cypriano da Silva (DEM), Mi, para que ele notifique o vereador e dê posse ao suplente Wilson Coelho (PDT)

Decisão ainda pode ser embargada no próprio TRE, através de um Embargo de Declaração (EB), e o mesmo já recorreu e aguarda decisão, que pode sair nos próximos dias. Mesmo com o recurso, o vereador está afastado do cargo, e na decisão ele fica inelegível por 8 anos, só podendo concorrer a algum cargo eletivo apenas em 2022. Inelegível, Cebolinha pode recorrer, para tentar evitar a perda de mandato, ele precisa entrar com pedido de Liminar com efeito suspensivo da decisão dada no TRE de São Paulo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

certidãoEm seu sexto mandato, Cebolinha, já presidiu a Câmara Municipal de Jandira e atualmente estava na Mesa Diretora, e na sessão de hoje, teve seu lugar ocupado por Júlio Eduardo de Lima. O motivo que levou ao afastamento do vereador tucano jandirense foi o uso de ambulância como prestação de serviços à comunidade.  O Processo já estava há quatro anos sendo julgado. Com a cassação Cícero passa para a história da cidade como o primeiro vereador afastado pela justiça em definitivo, caso a justiça não aceite o recurso. (Nilson Martins com colaboração Paulo Sérgio Mack)